Gestão do prefeito de Inocência é aprovada por 65% da população, revela pesquisa Ranking

(Foto: Iury de Oliveira)

A pesquisa do Instituto Ranking Brasil Inteligência, encomendada pelo site Diário MS News e realizada nos dias 27 e 28 de outubro de 2023, junto a 300 moradores de Inocência, com 16 anos ou mais de idade, revelou que a administração do prefeito Toninho da Cofapi é aprovada por 65% da população, enquanto 30% dos entrevistados desaprovam e 5% não sabem ou não responderam.

O Instituto ainda perguntou aos entrevistados qual a avaliação que fazem sobre a gestão de Toninho da Cofapi e 46,33% consideraram boa ou ótima. O levantamento apontou ainda que 26,67% dos entrevistados disseram que o administrador municipal é regular e 22% falaram que é ruim ou péssima, sendo que 5% não sabem ou não responderam.

Câmara Municipal

Já a avaliação da Câmara Municipal de Inocência aponta que a Casa de Leis é considerada boa ou ótima para 30,67% dos entrevistados, regular para 30,33% e ruim ou péssima para 22%, enquanto 17% não sabem ou não responderam.

Governador Riedel

O Instituto Ranking Brasil Inteligência também avaliou que o governador Eduardo Riedel (PSDB) no município é considerado bom ou ótimo para 50% dos entrevistados, enquanto 27,33% disseram que é regular, 15% opinaram que é ruim ou péssimo e 7,67% não sabem ou não responderam.

Presidente Lula

Com relação ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), 31% dos entrevistados consideraram bom ou ótimo, 25,67% disseram que é regular, 38% afirmaram que é ruim ou péssimo e 5,33% não sabem ou não responderam.

Principais problemas

A empresa de pesquisa ainda levantou quais são os maiores problemas do município de Inocência e a maioria dos entrevistados apontou que é saúde pública, que obteve 34%, seguido de longe por mais asfalto, com 18,33%, e terminar as obras, com 16,67%.

Depois, aparecem aluguel caro e custo de vida alto, com 15%, falta de segurança pública e policiamento, com 14%, falta de emprego e renda, com 10,33%, falta de moradia e habitação, com 9,67%, e falta de infraestrutura e da empresa chilena (Arauco), com 8,33%.

Ainda foi questionado se Inocência será como Ribas do Rio Pardo, com 7%, e citados os problemas como a falta de saneamento básico, com 6,33%, melhorar o sinal de Internet e da telefonia celular, com 5,33%, falta de iluminação pública, com 5%, e preservar o meio ambiente, com 4%.

Também foram citados como problemas a falta de melhorias na educação e no salário dos professores, com 3,67%, falta de manutenção das estradas vicinais e as pontes de madeira, com 3,33%, e falta de incentivo à cultura, esporte e lazer, com 3%, sendo que 2,67% dos entrevistados apontaram outros problemas e 5,33% não sabem ou não responderam.

RANKING BRASIL INTELIGÊNCIA

Contato: (67) 9 9968-0055/67 9 9962-3334

E-mail: [email protected]

www.rankingpesquisa.com.br

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também